Impacto da assistência jurídica a presos provisórios: um experimento na cidade do Rio de Janeiro

O trabalho aqui apresentado tornou-se possível graças ao convênio que a Associação pela Reforma Prisional firmou com a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, viabilizando a prestação de assistência jurídica a presos provisórios em delegacias de polícia

Categoría: Etiqueta:

Descripción

Organización: Associação pela Reforma Prisional/Centro de Estudos de Segurança e Cidadania da Universidade
Candido Mendes
País: Brasil
Clasificación: Prisión preventiva
Año: 2011
Archivo: icon Impacto da assistência jurídica a presos provisórios

Descripción:

A pesquisa teve como finalidade avaliar o impacto da assistência jurídica nos processos criminais em que os réus, acusados de praticarem crimes sem violência ou grave ameaça à pessoa, foram presos em flagrante delito na cidade do Rio de Janeiro. Um dos objetivos específicos foi analisar se o atendimento jurídico logo após a prisão interfere no direito dos réus de responderem ao processo em liberdade. Além disso, foi avaliado o uso da prisão provisória e os argumentos apresentados por juízes e promotores de justiça para determinar a prisão durante o processo. Ao final concluiu-se que a prisão provisória é utilizada de maneira seletiva e indevidamente, pois dois de cada três presos provisórios receberam ao final do processo penas diferentes da prisão. Ou seja, dois de cada três presos estava ilegalmente privado da liberdade.
http://bit.ly/16KC1uq

Valoraciones

No hay valoraciones aún.

Sé el primero en valorar “Impacto da assistência jurídica a presos provisórios: um experimento na cidade do Rio de Janeiro”

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Change this in Theme Options
Change this in Theme Options